PREJUÍZO

Com 111 dias de portas fechadas, donos e funcionários de bares e restaurantes amargam prejuízos

De acordo com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL), dos 240 mil funcionários que trabalhavam no setor antes da pandemia em Pernambuco cerca de 50 mil já foram demitidos

Com 111 dias de portas fechadas, donos e funcionários de bares e restaurantes amargam prejuízos

Em um restaurante localizado em Boa Viagem, Zona Sul do Recife, dos 59 funcionários 21 foram desligados - Foto: Reprodução/TV Jornal

Diante da pandemia do novo coronavírus, os bares e restaurantes amargam vários prejuízos. Com a crise, muitos empresários tiveram que demitir empregados. De acordo com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL), dos 240 mil funcionários que trabalhavam no setor antes da pandemia em Pernambuco cerca de 50 mil já foram demitidos. Ao todo, já são 111 dias que os setores mantém as portas fechadas e sem data certa de reabertura.

A atendente Rafaela Santana, de 34 anos, trabalhava em um restaurante de um shopping em Olinda. Desde o dia 2 de abril, ela conta que foi afastada e está em casa. Rafaela teve uma grande redução salarial e afirma que está cada vez mais difícil de sustentar a família. Porém, em casa, vem convivendo com a companhia diária indesejável: a incerteza.

 

Decisão

Em um restaurante localizado em Boa Viagem, Zona Sul do Recife, dos 59 funcionários 21 foram desligados. Uma decisão que nenhum patrão gostaria de tomar. O auxiliar de estoque, José Carlos da Silva, foi um dos funcionários demitidos e está com esperança de voltar a trabalhar.

Nota 

A equipe de produção da TV Jornal não conseguiu contato com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico sobre quando seria essa possível retomada das atividades do setor de bares e restaurantes.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.
  • Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.