DESCASO

Chuva provoca deslizamentos de barreiras e moradores ficam apreensivos na UR-6

No local, várias barreiras deslizaram e, felizmente, não houve tragédias

Chuva provoca deslizamentos de barreiras e moradores ficam apreensivos na UR-6

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), o sistema meteorológico que vem causando essa chuva é conhecido como Distúrbio Ondulatório de Leste (DOL). - Foto: Reprodução/TV Jornal

As últimas chuvas que caíram em Pernambuco trouxeram geraram medo entre moradores da UR-6, em Jaboatão dos Guararapes, Grande Recife. Na área, várias barreiras deslizaram e, felizmente, não houve tragédia, mas algumas casas ficaram comprometidas e oferecem perigo às famílias.

Casa comprometida

É o caso do auxiliar de carga e descarga, Luiz Carlos, que mora há 9 anos em cima do Campo do Buracão, na UR-6. Desde o último domingo, ele e sua família teve que deixar a residência, por conta das fortes chuvas. Segundo ele, a casa ainda está de pé, mas as paredes ficaram comprometidas. 

Denúncia

Vários moradores que moram na localidade reclamam do descaso da Prefeitura. Segundo eles, todos estão correndo risco de uma grande tragédia. Enquanto a equipe de reportagem da TV Jornal estava no local, funcionários da Defesa Civil de Jaboatão chegaram. Eles começaram a colocar lona nas barreiras, avaliaram alguns imóveis e fizeram interdições.

>> Apreensivos por causa da chuva, moradores de áreas de risco do Recife reclamam de falta de assistência da Defesa Civil

 

Resposta

A Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes informou que, após vistoria, foi realizada aplicação de lona plástica na área de barreira e interdição de imóveis que apresentaram alto grau de risco à segurança dos proprietários, que, por sua vez, foram orientados a procurar abrigo em casa de parentes ou amigos.

Novas ações emergenciais serão realizadas na localidade, nesta sexta-feira (16). Em relação à queixa sobre o auxílio-moradia, a Prefeitura garante o benefício e reafirmou que o valor é de R$ 150.

Nota da Defesa Civil de Jaboatão

Confira a nota da Defesa Civil de Jaboatão na íntegra:

A Superintendência de Proteção e Defesa Civil do Jaboatão dos Guararapes informa que realizou a interdição do imóvel após vistoria feita por equipe formada por técnicos, a fim de garantir a segurança dos moradores. Quando da desobediência às orientações do órgão de proteção, atitude que coloca em risco a vida de quem o faz e de terceiros, faz-se necessário acionar a Justiça para que, com apoio da Polícia Militar, seja feita a remoção dessas pessoas. A Defesa Civil irá enviar uma equipe ao local ainda na manhã desta sexta-feira (16) e, caso se verifique a presença de crianças expostas a riscos, o Conselho Tutelar será acionado.

De onde veio tanta chuva?

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), o sistema meteorológico que vem causando essa chuva é conhecido como Distúrbio Ondulatório de Leste (DOL). Os Distúrbios Ondulatórios de Leste (DOL), também chamados de Ondas de Leste, são perturbações no campo de vento e pressão que atuam na faixa tropical do globo terrestre, em área de influência dos ventos alísios, que se deslocam desde a costa da África até o litoral leste do Brasil.

O fenômeno é intensificado pela confluência dos ventos em baixos níveis. O cavado de médios níveis estava presente com intensidade considerável e não havia bloqueios atmosféricos. O fenômeno DOL é comum nesta época do ano, e costuma contribuir para chuvas nos estados do leste do Nordeste, como Pernambuco.

>> De charrete, equipe de reportagem da TV Jornal mostra pontos de alagamento na Avenida Dois Rios

Defesa Civil de Pernambuco

A população deve seguir as orientações das Defesas Civis dos seus municípios, deixando áreas de risco e evitando entrar em rios, córregos ou em locais alagados. As equipes da Defesa Civil do Estado permanecem em alerta 24h, e podem ser acionadas, por meio da Central de Operações pelos telefones 199 3181-2490.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.