FIM DO PRAZO

Auxílio emergencial: Veja se precisa desbloquear conta até esta sexta

Alguns usuários do Caixa Tem, usado no recebimento do auxílio emergencial, que tiveram contas bloqueadas, precisam ir a uma agência até esta sexta (31)

Auxílio emergencial: Veja se precisa desbloquear conta até esta sexta

Aplicativo Caixa Tem apresenta as orientações necessárias - Foto: Divulgação/Caixa

Os usuários do Caixa Tem, usado no recebimento do auxílio emergencial, que tiveram contas bloqueadas preventivamente por indícios de fraude, precisam se dirigir a uma agência da Caixa Econômica Federal, segundo um calendário escalonado de desbloqueio de poupança social para receber o auxílio emergencial.

>> Calendários de todas as parcelas do auxílio emergencial são divulgados

>> Veja quem recebe auxílio emergencial e qual parcela nesta quinta (30)

 

Nesta sexta-feira (31), acaba o prazo para os nascidos em abril ou maio irem a uma agência regularizar sua situação no aplicativo, usado no recebimento do auxílio emergencial.

>> Auxílio emergencial: teve conta bloqueada? Atenção aos dias de desbloqueio

>> Auxílio Emergencial: 51% das pessoas precisam ir as agências da Caixa para desbloquear contas da poupança social

Os que apresentaram inconsistência cadastral, podem realizar o envio de documentos por meio do aplicativo para realizar o desbloqueio das contas no Caixa Tem em até 24 horas.

O próprio aplicativo Caixa Tem apresentará as orientações necessárias, que o beneficiário deverá seguir.

>> Auxílio emergencial: Inscritos no app ou site voltam a receber nesta quarta

>> Auxílio emergencial: Aprovados em julho recebem 1º parcela nesta quarta (29)

>> Nascidos em janeiro já podem sacar o auxílio emergencial; veja como

>> Auxílio emergencial: Caixa divulga datas para desbloqueio de contas

Suspeita de Fraude

No caso de contas bloqueadas por indícios de fraudes no auxílio emergencial, os usuários serão informados por meio do aplicativo Caixa Tem para que se dirijam a uma agência, de acordo com calendário escalonado por mês de aniversário. Segundo o banco, o objetivo é evitar filas nas agências e aglomerações. 

>> Auxílio Emergencial: após contestação, 805 mil cadastros terão pagamento

>> Auxílio Emergencial: Inconsistência cadastral pode ser resolvida no app

>> Auxílio emergencial: conta bloqueada? Veja se deve e quando pode ir a agência

Se, ao tentar acessar o aplicativo CAIXA Tem, você recebeu uma mensagem para regularizar o seu acesso, vá pessoalmente a uma agência, com um documento de identidade com foto, seguindo o calendário abaixo.

Mês de aniversário - Data para os desbloqueios (início)

  • Janeiro, fevereiro e março - até 24 de julho
  • Abril e maio - de 27 a 31 de julho
  • Junho e julho - de 3 a 7 de agosto
  • Agosto, setembro e outubro - de 10 a 14 de agosto
  • Novembro e dezembro - de 17 a 21 de agosto

>> Auxílio emergencial chega à quarta parcela; veja calendários da Caixa

>> Perdeu o direito ao auxílio emergencial? Saiba o motivo e o que fazer

>> Auxílio emergencial: pagamento é dividido em 4 lotes de beneficiários

>> Auxílio emergencial: Documentos para desbloqueio já podem ser enviados

Inconsistência cadastral

Se você acessou o aplicativo, mas está suspenso por falta de documentação, acesse a função LIBERAR ACESSO, dentro do aplicativo CAIXA Tem.

Neste caso, não é preciso ir à agência para regularizar seu acesso. Os documentos podem ser enviados pelo aplicativo.

Atenção: somente o link repassado dentro do próprio aplicativo CAIXA Tem é confiável para o envio de documentos pessoais. Não confie em links divulgados na Internet.

>> Teve o auxílio emergencial bloqueado? Veja como desbloquear sua conta

>> Auxílio emergencial tem 903.719 cadastros inconclusivos; Veja o que fazer

>> Projeto dá prazo para pessoas em situação de rua solicitarem auxílio emergencial

>> Ampliação do prazo do Bolsa Família também afeta o auxílio emergencial

>> Auxílio Emergencial: Veja se você pode ser excluído da quarta parcela

Combate a fraudes

O banco atua de forma conjunta com os órgãos de segurança pública para mitigar riscos de fraudes e garantir nível adequado de segurança no pagamento do auxílio emergencial e demais benefícios sociais.

A Caixa reforça que o aplicativo tem "múltiplos mecanismos integrados de segurança, mantendo-se inviolável e seguro”. “Recomenda-se aos usuários utilizar apenas os aplicativos oficiais da Caixa e jamais compartilhar informações pessoais”, diz o banco.

>> Quem recebe R$ 1.200 vai ter valor diferente na quarta parcela do auxílio emergencial?

>> 1,84 milhão de solicitações de auxílio emergencial são homologadas

>> Não consegue tirar a carteira de identidade para obter o auxílio de R$ 600? Saiba o motivo e como resolver

>> Auxílio emergencial: inscritos no aplicativo ou site têm calendário diferente dos beneficiários do Bolsa Família

>> Auxílio Emergencial chega a 80% dos domicílios mais pobres do Brasil

Ainda tenho dúvidas. O que faço?

A prestação de informações o auxílio emergencial está disponível apenas por meio do aplicativo CAIXA | Auxílio Emergencial, do site do auxílio emergencial auxilio.caixa.gov.br e da central telefônica exclusiva 111. Confira os canais da Caixa Econômica Federal para mais informações sobre o benefício e o Caixa Tem:

  • auxilio.caixa.gov.br
  • Central de Atendimento CAIXA – 111
  • Central de Atendimento do Ministério da Cidadania – 121
  • twitter.com/caixa
  • facebook.com/caixa
  • instagram.com/caixa
  • youtube.com/user/canalcaixa

 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.