TRAGÉDIA

Criança que atirou acidentalmente em primo de 1 ano no Recife está completamente abalada, diz família

Há duas versões para a história, uma de que o disparo foi acidental, e outra de que o primo chegou a apontar a arma e fazer o disparo, mas sem saber que estava carregada

Criança que atirou acidentalmente em primo de 1 ano no Recife está completamente abalada, diz família

O caso aconteceu no bairro de Dois Irmãos, no Recife - Foto: Reprodução/TV Jornal

A criança, de 11 anos, que efetuou o disparo acidentalmente no primo de 1 ano e 6 meses em Dois Irmãos, na Zona Norte do Recife, está completamente abalada, de acordo com familiares. O delegado do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) instaurou um inquérito por portaria. Segundo o delegado, por se tratar de uma criança, de 11 anos, é preciso fazer uma escuta especializada, com policiais e psicólogos, por isso essa criança ainda não foi apreendida.

O disparo acidental atingiu o coração do bebê de 1 ano e 6 meses. Ele foi socorrido pela família. A mãe chegou a colocar gelo no local onde o tiro atingiu. A criança foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Caxangá, e, em seguida, transferida para o Hospital da Restauração (HR). Ao chegar na unidade, ele passou por cirurgia, mas não resistiu. O corpo da criança está no necrotério do HR.

>>Menino de 1 ano morre com tiro de espingarda no coração; disparo teria sido feito por outra criança, acidentalmente

Duas versões

Há duas versões para a história, uma de que o disparo foi acidental, e outra de que o primo chegou a apontar a arma e fazer o disparo, mas sem saber que estava carregada. A arma foi apreendida e encaminhada ao Instituto de Criminalística (IC), onde deve passar por perícia.

O dono da arma, que não quis se identificar, é parente da vítima. Ele afirmou que comprou a espingarda para caçar na área onde mora.

O crime

Uma criança, de 1 ano e 6 meses, morreu após levar um tiro acidental de espingarda em Dois Irmãos, na Zona Norte do Recife. A arma teria sido disparada pelo primo do menino. Há duas versões para a história, uma de que o disparo foi acidental, e outra de que o primo chegou a apontar a arma e fazer o disparo, mas sem saber que estava carregada.

Notícias policiais da TV Jornal

Quer ficar acompanhando as notícias policiais da TV Jornal? Você pode ter acesso rápido a todas elas no nosso grupo, no Facebook. Acesse aqui o grupo Notícias Policiais TV Jornal no Facebook.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.