CRIME

Idosos são vítimas de golpe "boa noite Cinderela" no Agreste de Pernambuco; um deles se encontra em estado grave

Os idosos consumiram o doce e acabaram passando mal

Suzyanne Freitas
Suzyanne Freitas
Publicado em 29/09/2021 às 16:00 | Atualizado em 05/01/2022 às 18:39
Casal de idosos sofre golpe e consomem "boa noite cinderela" - Reprodução/Unidade Local de Saúde de Matosinhos
FOTO: Casal de idosos sofre golpe e consomem "boa noite cinderela" - Reprodução/Unidade Local de Saúde de Matosinhos
Leitura:

Nessa terça-feira (28), um casal de idosos foi vítima de um golpe na cidade de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco. De acordo com informações da polícia, ao sair de uma agência bancária, no centro da cidade, o casal recebeu um doce de uma pessoa desconhecida, logo após sacarem o dinheiro da aposentadoria.

Os dois consumiram o doce e acabaram passando mal. A reportagem completa foi ao ar nesta quarta-feira (29) no programa Por Aqui, da TV Jornal.

O homem, de 68 anos, e a mulher, de 63, receberam atendimento em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município, onde constataram o envenenamento. Logo em seguida, ambos foram encaminhados para o Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru. A suspeita de aplicar o golpe nos idosos conseguiu roubar o dinheiro, os documentos e o celular das duas vítimas. Ainda não se tem informações sobre o paradeiro dela.

>>Idosos encontrados mortos foram torturados até a morte em São Bento do Una, no Agreste

Estado de saúde das vítimas

Segundo o boletim médico, o estado de saúde do homem é considerado grave. Ele se encontra na sala vermelha do hospital, sonolento e desorientado. A equipe médica solicitou novos exames e segue acompanhando o caso. O quadro de saúde da mulher é considerado estável. Ela está na clínica médica consciente e orientada.

.


'Boa noite Cinderela'

O golpe conhecido como "boa noite Cinderela" consiste na adição de substâncias que agem no sistema nervoso central em bebidas e alimentos. Estas substâncias deixam a pessoa desorientada, desinibida e sem consciência dos seus atos. A prática é considerada criminosa.

+VÍDEOS